Notícias NOVIDADES E INFORMAÇÕES

27 de março de 2018

UBEC apresenta a publicação “Diretrizes de Pastoralidade”

Em consonância com a missão institucional, a União Brasileira de Educação Católica (UBEC), apresenta a publicação “Diretrizes de Pastoralidade da UBEC”. O documento foi lançado oficialmente no Encontro de Líderes, realizado nos dias 15 e 16 de março, em Brasília/DF.

Na oportunidade, todos os gestores das Unidades de Missão da UBEC presentes no evento, receberam a publicação como uma convocação a implementá-la em seus locais de atuação.

O documento reforça a finalidade educacional da UBEC, que expressa sua missão de servir à humanidade e à Igreja por meio da educação e da ação social, com o propósito de alcançar o desenvolvimento integral da pessoa humana e a transformação da sociedade, para uma cidadania engajada, responsável e comprometida com os valores éticos e cristãos.

Nesse sentido, propõe uma educação que tem como objetivo formar cidadãos capazes de transformar a realidade na qual estão inseridos, tendo sólida formação humano-cristã.

Ir. José Nilton Dourado: "...a educação é uma das formas de fazer pastoralidade..."

Ir. José Nilton Dourado: “…a educação é uma das formas de fazer pastoralidade…”

“Quando se aponta caminhos e diretrizes é um convite para que nós possamos olhar a nossa missão e ver como ela está sendo concretizada. Se por ventura, nós estivermos nos desvirtuando do caminho, as diretrizes vão dizer, ‘siga por aqui e vamos em frente’. ”, afirma o presidente da UBEC, Ir. José Nilton Dourado.

Ele explica que a educação é uma das formas de fazer pastoralidade, destacando que ela é ampla e contempla a todos os segmentos, desde o acadêmico ao administrativo.

O Supervisor de Pastoralidade da UBEC, Joaquim Alberto, comenta o lançamento da publicação: “Foi um convite para que toda a comunidade educativa que compõe o grupo, especialmente nossas Unidades de Missão, conheça e se aproprie do conteúdo, utilizando as orientações em sua prática cotidiana. ”

Joaquim reforça que “a pastoralidade também fundamenta as práticas de cada unidade, potencializa sua missão educativo-evangelizadora, que visa ao crescimento integral da pessoa, proporciona a experiência salvífica de Jesus Cristo e orienta para o discernimento do projeto de Deus acerca da própria vida e da história. ”

“Sejam o arauto dessas Diretrizes!

Nós queremos fazer com que as pessoas que fazem parte dessa missão, compreendam que estamos antenados com as diretrizes e orientações da nossa Igreja, em particular, do nosso Papa Francisco. ”

(Ir. José Nilton Dourado, presidente da UBEC)

A construção do documento

Joaquim explica que as Diretrizes de Pastoralidade foram elaboradas por um Grupo de Trabalho formado por representantes das Unidades de Missão e que à frente deste GT, esteve Pe. Helenes Oliveira de Lima, atual Diretor da Faculdade Católica do Tocantins (FACTO), à época, Vice-Presidente da UBEC.

Pe. Helenes é o novo diretor-geral da Católica do Tocantins.

Pe. Helenes “…é preciso que as Unidades de Missão estejam alinhadas…”

“O documento apresenta o substantivo pastoralidade com a intenção de ir além da ideia de pastoral como setor que apenas realiza eventos religiosos para os católicos (embora esses eventos sejam importantes e continuarão a existir). A educação no grupo UBEC, em suas Unidades de Missão, tem por objetivo humanizar e personalizar o ser humano”, comenta Pe. Helenes sobre a intencionalidade das Diretrizes de Pastoralidade.

O coordenador do GT salienta ainda que “O conceito de Pastoralidade reside na formação integral de todos os envolvidos com a comunidade acadêmico-escolar. Portanto, queremos compreender a nossa visão de mundo e quais são os valores de que o mundo precisa. ”

Pe. Helenes apresenta ainda que “para atender ao que a Pastoralidade da UBEC se propõe é preciso que as Unidades de Missão estejam alinhadas em relação aos seguintes temas: 1) comunidade acadêmica responsável por toda a ação educativo-pastoral; 2) inserção e significado para as comunidades local e regional; 3) excelência e qualidade nas ações e nas relações; 4) formação para os protagonismos eclesial e político; 5) diálogo intercultural e com o diferente; e 6) predileção pelos mais pobres e/ou vulneráveis.”

Junto ao Pe. Helenes, integraram o GT das Diretrizes de Pastoralidade da UBEC, Prof. Maria Ireneuda Nogueira (CECB), Pe. José Romualdo Degasperi (Vice-Presidente), Prof. Genésio Zeferino (Unileste) e Prof. Dilnei Lorenzi (UCB).

Interface com a educação católica

“Ressalto a importância das Diretrizes para as nossas instituições de ensino, pois é por meio deste documento norteador que teremos os caminhos para oportunizar uma educação católica”, comenta prof. Roberta Gontijo, Gerente Acadêmico-Pedagógica (GAP) da UBEC.

O presidente, Ir. José Nilton, afirma que todos que estão lidando diretamente com os alunos, trabalhando conteúdos e disciplinas, “devem estar permeados das nossas Diretrizes”.

O documento aponta que para a UBEC, “a pastoralidade torna-se elemento referenciador de toda a vida de suas instituições e integra as dimensões pedagógica, administrativa, financeira, educacional, pastoral e das relações humanas”.

Nesse contexto, prof. Roberta ressalta que o grupo oferta uma educação pautada nos valores do Evangelho e que a pastoralidade deve estar presente, de modo transversal, em todos os projetos e ações da UBEC.

“Pautado nas Diretrizes institucionais, o desenvolvimento da pastoralidade promoverá ao meio acadêmico e pedagógico o diálogo constante, a compreensão acerca das dimensões e dos valores humanos e, sobretudo, fortalecerá o nosso ecossistema educativo e evangelizador”, declara.

Maria Carolina Santana com a contribuição de Joaquim Alberto

NOTÍCIAS