Pastoralidade representa UBEC em reunião do PUAM, no Equador

Postado em 02/09/2022

De 24 a 26 de agosto, a União Brasileira de Educação Católica (UBEC), por meio da Coordenação de Pastoralidade do Escritório Central, contribuiu com os trabalhos do Programa Universitário Amazônico (PUAM), durante evento realizado pela Conferência Eclesial da Amazônia (CEAMA), na Pontifícia Universidade Católica do Equador (PUCE), em Quito, no Equador. A iniciativa é fruto do Sínodo da Amazônia e se orientou pela carta Laudato Si’, do Papa Francisco, produzida a partir dos apelos e escutas promovidas em territórios Amazônicos.

O Grupo UBEC, única institucional brasileira do setor educacional presente no evento, foi representada por Joaquim Alberto Silva, coordenador Corporativo de Pastoralidade. Questionado sobre como foi a participação no evento, o gestor respondeu ter sido uma oportunidade ímpar a de estar presente neste tempo histórico da Igreja. “Uma honra e uma grande alegria de colaborar com a missão da Igreja, missão da UBEC e de responder aos apelas do pontificado do Papa Francisco e das necessidades existentes em nossos territórios de missão”, destacou.

Além da UBEC, instituições de educação de outros países também compareceram no encontro: Pontificia Universidad Javeriana (Bogotá), Pontificia Universidad Católica do Equador (PUCE), Asociación de Universidades Confiadas a la a Compañía de Jesús en América Latina (AUJSAL), Pontificia Universidad Católica del Perú (PUCP) e Instituto para el Diálogo Global y la Cultura del Encuentro (IDGCE), Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma).  “Iniciativa singular e repleta de profecia e sinodalidade. Ação profética pelo fato de mobilizar, diante da complexa conjuntura global, instituições de educação superior católicas em todo os países que compreendem o bioma amazônico, para contribuírem com a construção, articulação e desenvolvimento de um Programa Universitário Amazônico. Ação permeada pelo imperativo da sinodalidade, pois conta com uma profunda inspiração de construção coletiva, de envolvimento de cardeais, bispos, padres, religiosas e religiosos, leigas e leigos, em prol do compromisso com uma educação evangelizadora e que favoreça vida, cuidado integral e transformação social”, contextualizou Joaquim.

Mauricio López, vice-presidente da Conferência Eclesial da Amazônia (Ceama) e coordenador do Programa Universitário da Amazônia (Puam), explica que o “Programa Universitário da Amazônia, PUAM, é um caminho de implementação institucional com recorte universitário educacional, articulado no Ceama”. Joaquim Alberto contextualiza, ainda, que o PUAM é “um tempo sagrado de continuar a articular e potencializar as iniciativas do Grupo UBEC em prol do cuidado da casa comum, assim como os diálogos com outras instituições de educação superior no Brasil e nos países que compreendem o bioma amazônico.”